Banner


Essa certamente foi daquelas noites angustiantes, da espera sem fim, onde sabemos que falta tão pouco para o a partida mas ao mesmo tempo faltará um bocado para o Princesa do próximo ano, nesse dia queremos que o tempo passe devagar, para que possamos aproveitar cada segundo desse clima maravilhoso que toma conta do Hipódromo da Tablada.  Hoje mais um capítulo dessa história será escrito, o trabalho de meses de proprietários, jóqueis, treinadores, cavalariços e escovadores será posto à prova na 8 edição do Grande Prêmio Princesa do Sul. A cada ano esse sentimento é renovado, de Cabileño a Let Me Free, feliz é aquele que consegue sentir o coração palpitando momentos antes da autorização da partida, esse sentimento se propagou por gerações inalteradamente, pois tenho plena convicção, que de 1936 até 2018 o que sentimos nesse dia é igual. Obrigado a todos que nos prestigiam e seguem acreditando no turfe no Brasil e em Pelotas, fica um agradecimento especial ao Cel. Zeferino Costa Filho, por ter nos proporcionado tudo isso.

alt

Análise do campo do Princesa 2018

Let Me Free: vai em busca do bicampeonato.

Dream Demon: Sua parceria acredita muito na vitória, olho nele.

Xabu: A primeira foi fraca, agora mais acanchado pode melhorar.

Felicissimo: A última foi boa, vai se apresentar forte no final.

Laimak Secret: Encantou nos matinais, grande chance.

Big Stick: Tem excelente papel, mas pode faltar uma carreira, colocação.

Regal Dionysus: Cavalo corredor, se não sentir a viagem é osso duro, favorito.

Energia Honest: Produziu pouco no Cidade de Rio Grande, deve melhorar.

Energia Indigo: Se reencontrou na Tablada, vai aliviado no lombo, grande chance.

Iceman Comet: Deve ser o ligeiro do páreo, tem nos 2000 metros seu maior inimigo.

Bolt da Lagoa: Meteu tempaço na milha ontem, caso arrume vaga no partidor pode se colocar.

Indiano Mestre: Produziu abaixo na milha, caso corra, é uma grande zebra do páreo.